sexta-feira, 15 de julho de 2011

Oito bancos são reprovados em teste de estresse + Dívida Italiana


LONDRES e LISBOA- Oito de 90 bancos europeus analisados pela Autoridade Bancária Europeia em 21 países não passaram no chamado teste de estresse, que avalia a saúde financeira das instituições. Isso significa que eles não estão fortes o suficiente para resistir a uma recessão prolongada e precisam aumentar o capital. O teste revelou que os oito bancos precisam de 2,5 bilhões de euros (ou cerca de US$ 3,5 bilhões) em capital novo.


Dos oito bancos que foram reprovados no teste, cinco são espanhóis, dois são gregos e um é austríaco. A expectativa era que de cinco a 15 instituições não passassem no teste e que elas precisassem de 10 bilhões de euros.


Os bancos que falharam em passar no teste não alcançaram o mínimo de 5% de capital de referência, chamado de Tier 1, que mede a saúde financeira de uma instituição. Outros 16 ficaram na faixa de 5% a 6% de capital Tier 1. No fim de 2010, 20% estavam abaixo dos 5%, o que representava uma necessidade de capital de 26,8 bilhões de euros. De janeiro a abril, as instituições levantaram 50 bilhões de euros em capital.

"A Autoridade Bancária Europeia recomendou que as autoridades de supervisão nacionais exijam dos bancos que ficaram um pouco acima do limite de 5% que tomem medidas para fortalecer suas posições de capital", disse o órgão de supervisão europeu em comunicado.


Líderes do setor bancário grego falham

O resultado do teste teve resposta imedidata das autoridades monetárias dos países afetados. O presidente do Banco Central da Grécia, George Provopoulos, disse que, apesar de duas instituições do país terem sido reprovadas, o resultado foi "encorajador". Os dois bancos que falharam foram o EFG Eurobank e o ATEBank, os líderes do sistema bancário na Grécia. No total, quatro instituições foram avaliadas.

Na Espanha, os bancos que não foram aprovados foram CatalunyaCaixa, Unnim, CAM y e Grupo Caja 3, além do Banco Pastor. As maiores instituições foram bem-sucedidas. Apesar de terem falhado, os cinco bancos reprovados não terão de levantar capital adicional além do previsto, segundo o jornal espanhol "El País", pois eles já fizeram provisões, já captaram recursos no mercado ou ainda já pediram ajuda ao Fundo de Reestruturação Ordenada Bancária, criado com este fim.
Segundo o jornal "El País", 95% do sistema bancário espanhol foram submetidos ao teste. Nos demais países, a média ficou em 60%.

O Banco Central de Portugal informou nesta sexta-feira que, mesmo tendo passado no teste, o maior banco do país - Banco Comercial Português - e o Espírito Santo se coprometeram a fortalecer seus balanços em três meses.



-------------------------------------------------------------------------------------------------

Dívida pública da Itália cresce em maio; quase 27% vencem em um ano

SÃO PAULO - A dívida pública total da Itália somou 1,897 trilhão de euros em maio deste ano, informou o banco central do país nesta sexta-feira. Do total, quase 507 bilhões de euros, ou 26,7%, vencem dentro de um ano.
Em abril, a dívida pública italiana havia somado pouco mais de 1,890 trilhão de euros; em maio do ano passado, havia sido de 1,830 trilhão.

A câmara baixa do parlamento italiano está discutindo e deve votar hoje o pacote de austeridade de 70 bilhões de euros, que foi aprovado ontem no Senado. A expectativa é que as medidas de corte de gastos e de estímulo ao crescimento, com o objetivo de acalmar os investidores e evitar que a terceira maior economia da zona do euro sucumba à crise, passem na Casa.

(Marcílio Souza | Valor, com agências internacionais)

O GLOBO e VALOR




Gostou? Não? Comente!

1 comentários:

Paulo Dandrea disse...

E vc acha que os italianos estão ligando pra isso???

hahahha

italiano é bom-vivant... não se extressa nem um pouco com esse lance de economia (claro que um pouco)
Mas eles tem aquele lance de "slow-food" slow-nao sei das quantas.. justamente porque eles querem frear esse consumismo e essa falta de estar no aqui agora curtindo o momento.

Eles tem uma porrada de gente que planta pra comer, coisas maravilhosas.. tem cidades cheia de artes, vivem num museu praticamente,tem praias maravilhosas, bosques, natureza linda...
nao precisam gastar dinheiro com quase nada, podem viver simplesmente de turismo e tudo mais..
Alias, essa quebra de bancos, só consigo ver pontos bons.

E enquanto ta quebrando tudo no mundo..
O itau está crescendo como uma desgraça, e enlaça tudo quanto é coisa com seus tentáculos. Quase todos os cinemas(os melhores), teatros, show.. tudo quem é itau paga METADE. Eles não vão quebrar (pelo menos nos próximos 50 anos)

Mas é agora que ele tá crescendo, como um adolescente que cresce centimetros tod omes, está ele, aficar forte e robusto, à custa de todas as tetas brasileiras, a minha e a sua.

É melhor desmama-lo antes que seja tarde.

Tecnologia do Blogger.

Parceiros

alt text
alt text

Seja um Parceiro!


Autores

Postagens + populares de todos os tempos

Postagens + populares do mês

Postagens + populares da semana

política religião conspirações humor artes sexo playboy futebol corinthians lula obama mubarak illuminati euro dolar new world order